Câncer de Pele

Todos os casos de câncer de pele devem ser diagnosticados e tratados precocemente, inclusive aqueles com baixa taxa de letalidade, que podem causar lesões incapacitantes ou desfigurantes em áreas expostas do corpo e causar sofrimento aos pacientes. Felizmente, existem vários tratamentos para o câncer de pele não melanoma. A escolha depende do tipo e da extensão da doença, mas, em geral, a maioria dos carcinomas basocelulares ou espinocelulares podem ser tratados por métodos simples, como a ressecção.

A remoção do tumor é feita com um bisturi. A tecnologia tem alta taxa de cura e pode ser usada para tumores recorrentes. Geralmente são cirurgias realizadas apenas sob anestesia local, e outras vezes sob anestesia local sob sedação, e o paciente recebe alta no mesmo dia. A ressecção da lesão e a cirurgia plástica reconstrutiva são realizadas no mesmo momento da operação e com retalhos locais.